terça-feira, 29 de dezembro de 2009

CRIANÇAS SÃO USADAS POR DEUS PARA TRAZER AVIVAMENTO -ASSISTA ESTE VÍDEO

Este vídeo foi enviado por e-mail para mim por uma missionária amiga minha e tocou profundamente o meu coração, peço a você que assista todo conteúdo em oração e seja renovado pelo exemplo que essas crianças estão dando.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

VOCÊ CONHECE A CONFISSÃO DE FÉ DE WESTERMISTER?


Uma das maiores fontes de defesa de fé do protestantismo é a CONFISSÃO DE FÉ DE WESTERMISTER, formulada para defender a doutrina cristã é um dos documentos evangélicos mais aceitos em matéria de fé por todas as denominações evangélicas de um modo geral , portanto, necessário se faz o seu conhecimento e estudo por parte de fieis zelosos .
Para melhor conhecer click no Link:WESTERMISTER

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

VOCÊ SABE O QUE É TDAH?


O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e freqüentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade. Ele é chamado às vezes de DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção). Em inglês, também é chamado de ADD, ADHD ou de AD/HD.


O TDAH - Transtorno de Déficit de Atenção / Hiperatividade tem sido motivo de amplas discussões, gerando polêmica sobre sua real existência, freqüência, diagnóstico e tratamento. Sabe-se que o TDAH é o distúrbio neurocomportamental mais comum na infância e adolescência e que merece atenção especial de pais e educadores. É importante que o TDAH seja considerado e diagnosticado adequadamente, e os pais e educadores tem papel fundamental até chegar ao diagnóstico pelos especialistas.
Rev.Francisco Siqueira Campos -Bach. em teologia pela FATEFI , com Licenc. em Ciências pela FAFOPAI,com Curso de capacitação em TDAH pela pela Faculdade de Medicia do ABC

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

O CRISTÃO PRECISA ESTUDAR TEOLOGIA?

A pergunta acima parece merecer mesmo um "não" como resposta. E creio que 90% das pessoas que lêem tem a mesma resposta de imediato na ponta da língua: Não! E o dizem por duas razões:

Primeira razão: A palavra seminário está fortemente ligada a teologias filosóficas, exigente de infinitos livros, o que está longe do alcance dos irmãozinhos que falam em línguas estranhas em cima do púlpito. As inúmeras críticas aos seminários, oriundas de alguns pregadores neopentecostais, são muitas vezes movidas por um íntimo sentimento de defesa, pelo pesar de não poder ter feito. No mais profundo de sua consciência ele sabe que o estudo da Palavra de Deus se faz necessário, e a cada dia de sua jornada cristã isso lhe pesa mais. Sua única saída é disparar críticas à "teologia". Nem sempre o irmãozinho que pula, fala em línguas, entrega profecias e revelações, pode estar servindo a Deus realmente, e as Escrituras já nos alerta sobre isso: "Muitos me diräo naquele dia: Senhor, Senhor, näo profetizamos nós em teu nome? e em teu nome näo expulsamos demónios? e em teu nome näo fizemos muitas maravilhas? E entäo lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade". (Mateus 7:22)

Segunda razão: O raciocínio de alguns sobre servir a Deus, é ligado aos tempos bíblicos em que "não existia seminário" e nem por isso os servos de Deus foram desqualificados. É lógico que nào existia o termo "seminário", nem as estruturas que hoje se encontram (apostilas, livros, vídeos, etc). O que poucos procuram se informar é que o estudo da Palavra de Deus era DIÁRIO. "E todos os dias, no templo e nas casas, näo cessavam de ensinar, e de anunciar a Jesus Cristo". (Atos 5:42)

No Antigo Testamento os seminários eram práticas evidentes haja vista as famosas Escolas dos Profetas dirigidas por Elias e Eliseu. Estes seminários eram verdadeiros muros, baluartes contra os que ameaçavam destruir a Casa de Israel.

Aos 12 anos de idade Jesus foi encontrado em meio aos sábios no templo. "E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os". (Lucas 2:46). O versículo acima revela que Jesus não somente falava, mas também OUVIA os doutores no templo. Claro que Jesus, o Filho de Deus, não dependia de aprender daqueles doutores. Mas porque a Bíblia Sagrada nos registra esta passagem? Nós somos imitadores de Cristo, como disse o apóstolo Paulo em 1 Coríntios 11:1: "Sede meus imitadores, como também eu de Cristo". O Senhor Jesus nos deixou o exemplo a seguir. Paulo não largava os estudos dos pergaminhos e dos livros: "Quando vieres, traze a capa que deixei em Tróade, em casa de Carpo, e os livros, principalmente os pergaminhos". (2 Timóteo 4:13).

Portanto, o nome seminário não existia nos tempos bíblicos, como não existia a "escola dominical", como não existia caixas-de-som, microfone, violão, etc...

A TEOLOGIA, tão criticada por muitos, nada mais é que o estudo acerca de Deus.

Theo=Deus Logia=Estudo.

A falta de preparação com base na Palavra de Deus, levam milhares de irmãos a criarem os ísmos da fé evangélica. São criadas doutrinas, costumes, rituais, crendices, supertições evangélicas, ler o salmo 91 sete vezes para proteção, clamar "O Sangue de Jesus Tem Poder" para expulsar demônio (Jesus disse que em seu nome expulsaríamos os demônios - Marcos 16:17).

"O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento". (Oséias 4:6)

Grupinhos "de fogo" paralelos a igreja vão crescendo longe do conhecimento do pastor. Geralmente iniciam na casa de algum irmão (vaso) que é visto como um "mistério" entre os que nada entendem e saem destas orações sem entenderem menos ainda. Ao serem questionados sobre qualquer assunto relativo ao movimento, a resposta que têm é única e imperativa: "-É mistério, irmão!"

Sinceramente, não pode haver mistério para quem está na luz. Para quem está sob a luz as coisas tem que estar claras. Só fica escuro, confuso, misterioso, para quem está em trevas. "Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho". (Salmo 119:105)

As drásticas conseqüências não demoram a vir. Confusões, disputas de vasos, revelações que não se cumprem, etc. Como pastor pentecostal quero deixar bem claro que creio nos dons espirituais, e gosto das reuniões de oração onde o Poder de Deus se faz presente, porém a Palavra de Deus ainda é o maior Poder de Deus que recebo em minha vida. "Porque näo me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus". (Romanos 1:16a)

Não é difícil encontrar casos de irmãos e irmãs, que eram vasos-de-fogo na igreja, e caíram, se desviaram, casos de adultérios, fornicações, embolados com profecias, visões, e outras manifestações "misteriosas". O alicerce desse povo era o "pula-pula" pentecostal, e não viver o Evangelho de Cristo.

"Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha". (Mateus 7:24,25)

Uma das maiores aberrações que ouvimos constantemente é que não se estuda teologia porque "a letra mata". Quando o apóstolo Paulo afirma em 2 Coríntios 3:6 que a letra mata, ele se referia a LETRA DA LEI, que os judeus queriam viver. Basta ler todo o texto para compreender o que Paulo diz. A letra da palavra de Deus jamais poderia "matar" um cristão. O próprio Jesus ensinou: "Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam". (João 5:39).

Uma das provas da importância do ensinamento está claramente relatado em Atos 8:30,31:
"E, correndo Filipe, ouviu que lia o profeta Isaías, e disse: Entendes tu o que lês? E ele disse: Como poderei entender, se alguém não me ensinar? E rogou a Filipe que subisse e com ele se assentasse".

Felipe ouviu que o Eunuco lia o livro do profeta Isaías, e perguntou se ele entendia o que lia, o Eunuco disse que não, e ele o explicou. Isso é o que faz um seminário!

"Portanto ide, ensinai a todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo". (Mateus 28:19)

O erro na vida do cristão deve-se a falta de conhecimento da palavra de Deus:
"Errais, não conhecendo as Escrituras, e nem o poder de Deus". (Marcos 12:24)

Não conhecendo as Escrituras, logo não conhece o Poder de Deus, porque são as Escrituras que testificam de Jesus, lembra-se? João 5:39: "Examinais as Escrituras... são elas que de mim testificam".

A capacitação para a obra é um fator de real importância para a vida do obreiro quer realmente estar na Seara do Senhor. Veja o que diz a Bíblia:
"E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um SEGUNDO A SUA CAPACIDADE". (Mateus 25:15)

Se não nos esforçarmos em aprender a nos capacitar para a obra de Deus, não receberemos talentos além da nossa capacidade, como nos mostra o versículo acima. O tempo de cristão pode ter seu valor, pois a experiência tem seu lado essencial. Mas o conhecimento é de vital importância.

"Sou mais prudente do que os velhos, porque guardo os teus preceitos". (Salmo 119:100)

Veja a importância do conhecimento na vida de Moisés:
"E Moisés foi instruído em toda a ciência dos egípcios; e era poderoso em suas palavras e obras". (Atos 7:22)

Ele estava capacitado a ir diante de Faraó. Ele era PODEROSO em suas palavras e obras porque foi instruído. O versículo de Atos 7:22 é claro: instrução=poder.

Muitos, vivendo ainda uma preguiça mental de se aprofundar mais nas escrituras, ainda tentam se escorar em João 14:26, que diz: "Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito".

Sim, nos ensinará. Mas como? Se ficarmos com os braços cruzados e a Bíblia fechada? Qual a razão de se existir a Bíblia, então? Porque razão então não ensinou ao Eunuco, precisando Felipe o explicar?? Realmente, Deus nos ensinará todas as coisas, através do seu Santo Espírito, a partir do momento que nos esforçamos a buscar o conhecimento. Assim como Deus fala nos dias de hoje, usando os seus servos que se esforçam a cada dia em pregar a Palavra. O exemplo de Pedro, como pescador humilde, sem muita cultura, é o que alguns dos neopregadores tentam se desculpar a sua ausência nos seminários. Mas se esquecem que os estudos da Palavra de Deus nos dias de Pedro eram TODOS OS DIAS. (Atos 5:42). O próprio Pedro aconselhou:

"Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo". (2 Pedro 3:18)
"E estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós". (1 Pedro 3:15)

Denis de Oliveira
JesusSite - http://www.jesussite.com.br/acervo.asp?Id=798
SAT PB

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Dr.A.W.Tozer. -Sua belíssima filosofia ministerial.Sem dúvida um dos maires teólogos de todos os tempos.

Aiden Wilson Tozer

"Há muitos vagabundos religiosos no mundo que não querem estar amarrados a coisa alguma. Eles transformaram a graça de Deus em libertinagem pessoal. As grandes almas, entretanto, são aquelas que se aproximam reverentemente de Deus compreendendo que em sua carne não habita bem algum. Não obstante, visto que crêem em Deus, com reverência assumem certos votos sagrados. Esse é o caminho para o poder espiritual. Nunca se Defenda e Nunca Aceite Qualquer Glória são alguns desses votos."

“Penso que minha filosofia seja esta: tudo está errado até que Deus endireite.”
Esta afirmação do Dr. A. W. Tozer resume perfeitamente a sua crença e o que ele tentou realizar durante seus anos de ministério. Sua pregação e seus livros concentraram-se inteiramente em Deus.

Ele não tinha tempo para mercenários religiosos que inventavam novas formas para promover suas mercadorias e subir nas estatísticas. Tozer marchou ao ritmo de uma batida diferente e, por esta razão, normalmente não acompanhava os passos de muitas das pessoas que participavam de desfiles religiosos.

Fonte:http://br.geocities.com/geniosmundiais/tozer

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

PROSPERIDADE FINANCEIRA É DOM DE DEUS?SIM OU NÃO?

Cantem e alegrem-se os que amam a minha justiça, e digam continuamente: O SENHOR seja engrandecido, o qual ama a prosperidade do seu servo.SL 35:27

O presbítero ao amado Gaio, a quem em verdade eu amo.

Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma. 3Jo 1-2

Recentemente foi lançado no programa do Pr.Silas Malafaia pelo Dr.Morris Cerullo o desafio de uma oferta alçada de R$900,00.Desde então uns apoiam outros criticam, ouça na integra o desafio da unção da prosperidade financeira e tire suas próprias conclusões.

ANTES MEDITE:

Deus ainda transfere a riqueza do ímpio para o pecador como no passado?Ou foi só no passado?
O que realmente consolida a chamada Teologia da Prosperidade?
Deus nos quer próspero em todas as áreas, ou só na espiritual?
Os defensores da dita prosperidade estão vencendo os da dita Teologia da pobreza?
Os teólogos da prosperidade estão corretos ou errados, ha algo a melhorar?
Os teólogos da espiritualidade e da pobreza estão por outro lado dando tudo para os pobres e seguindo o Senhor ?
Ou o inimigo está apenas semeando joio no trigo e contenda entre os irmãos nessa matéria?
A VERDADE SEMPRE TRIUNFARÁ ACIMA DE BARREIRAS DENOMINACIONAIS
Jamais quero tocar na unção do Pr.Silas , muito menos no Pr.Cerullo homens que tenho em muita consideração , sabendo também que o Pr.David Cho da Coréia é Pres.Mundial das Assembleia de Deus e apoia a prosperidade financeira, acho que está na hora da Assembleia de Deus rever seus conceitos sobre doutrina e defesa da fé.
Diga o fraco sou forte todos concordam ,e a sequência diga o pobre sou rico?
Vejo isso mais como uma questão de fé.
Que Deus derrame um esclarecimento sobre o seu povo nesse assunto essa é a minha oração.



segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Encontrada nova variedade do vírus HIV



Uma nova cepa do vírus causador da Aids foi descoberta em uma mulher de Camarões.

A nova variedade difere dos três agentes causadores da síndrome da imunodeficiência humana conhecidos até então e aparentemente está relacionada a um vírus encontrado recentemente em gorilas selvagens, de acordo com um estudo que será publicado na edição de hoje da revista Nature Medicine. As três variedades conhecidas do vírus da Aids estão relacionadas a um vírus encontrado em chimpanzés.

A mulher contaminada com a nova variedade do vírus tem 62 anos e descobriu ser portadora do HIV em 2004, pouco depois de mudar-se de Camarões para Paris. Ela havia morado perto de Iaundê, capital camaronesa, mas disse não ter tido contato com primatas ou ingerido carne de animais selvagens. Segundo os autores do trabalho, a descoberta confirma “a necessidade de um monitoramento contínuo para a emergência de novas variantes do HIV”.

Fonte:DIÁRIO CATARINENSE

quarta-feira, 29 de julho de 2009

COMO PROTEGER VOCÊ E SUA FAMÍLIA DA GRIPE H1N1

Apesar do aumento do número de casos no Brasil, a situação não é para pânico

O aumento de número de casos confirmados de influenza A, mais conhecida por gripe suína, no Brasil, nos últimos dias tem deixado os pais em alerta. Apesar do aumento dos casos da doença, autoridades da área de saúde afirmam que a situação não é para pânico, mas algumas precauções devem ser tomadas para não se contaminar com a doença. Em Pernambuco o número de casos notificados da doença chegou a 23. Nenhuma morte foi registrada até agora no estado.

Mairores informações veja no Site:

JORNAL DO GRANDE RECIFE

sexta-feira, 17 de julho de 2009

LINGUAGEM CIBERNÉTICA VOCE SABE O QUE É ISSO?


BLZ traduzindo para a linguagem normal é:beleza, Tdb:tudo bem,xau:tchau,xalalau,Bom FDS:é bom fim de semana, d :é de etc...

As onomatopéias, as gírias, as normas cultas estão passando por uma revolução no mundo atual e se transformando cada vez mais em expressões reduzidas ou subtendidas, na adequação de uma cultura informatizada crescente e globalizada, será que veremos maiores transformações, e modificações na maneira de se comunicar sendo a geração atual composta de modelos diferentes de expressões de sentimentos e emoções , e que os tradutores de blogs se preparem para criarem seus novos sitemas de correção e tradução é a era da revolução da escrita e da expressão mundial, será que haverá uma só linguagem?é ver para crer. Rev.Francisco

LINGUAGEM CIBERNÉTICA

Criada pelos internautas viciados em salas de bate papo, a linguagem cibernética é praticada já há algum tempo na internet. São expressões pouco decifráveis (para os desavisados), que servem para atender à velocidade que o meio impõe. É uma espécie de mistura da linguagem escrita e oral com direito a muita abreviação. As conversas podem acontecer com vários usuários ao mesmo tempo, portanto tudo tem que ser muito rápido. Beleza? Não, é blz!
Esse universo tem atingido muito a crianças a partir dos 10, 11 anos de idade, que formam verdadeiras comunidades virtuais e se comunicam praticamente todos os dias. A questão é: será que essa linguagem virtual tem influenciado no aprendizado da norma culta da língua escrita? Nesse sentido, é possível perceber essa tendência na escola?
Para a educadora Maria Ivone Domingues, da Escola da Vila, a linguagem virtual não influencia de forma negativa a aprendizagem da norma culta, porque uma aprendizagem não se dá, necessariamente, em detrimento da outra. "Um usuário autônomo da linguagem precisa justamente dominar seus diferentes usos para poder transitar nos diferentes contextos comunicativos", explica Ivone. "Se você escrever de forma rebuscada nessas salas de bate papo, não estará fazendo um bom uso da linguagem, já que o meio impõe um ritmo próprio. Da mesma forma, se usar essa linguagem, por exemplo, na produção de um documento, seu uso estará inadequado", afirma Ivone, lembrando a prática antiga do telegrama. "Por acaso aconteceu algo com o português com o uso do telegrama, em que abreviamos as frases?". Além disso, para a educadora, é preciso lembrar que a linguagem também é uma forma de identidade e usá-la significa, para o jovem, sua inserção no grupo de adolescentes do mundo atual.

Por.Rev.Francisco Siqueira.
Fonte de pesquisa:http://www.aomestre.com.br/cmp/arquivo/ate2006/83.htm

segunda-feira, 13 de julho de 2009

SERTÂNIA JA TEM A SUA PRIMEIRA ESCOLA DE TEOLOGIA INTERDENOMINACIONAL-MATRICULE-SE!!!

EQUIPE DOCENTE:Pr°Francisco Vasconcelos,Pr.José Manuel,Pr.Francisco S.Campos(Diretor Pres.)Psicopedagoga Miss.Socorro.



É com muita alegria e prazer que divulgamos que já está em pleno funcionamento a primeira Escola de teologia Interdenominacional na cidade de Sertânia do Projeto Restaurando Vidas pela Fé o :INSTITUTO TEOLÓGICO SEMENTES DE FÉ (I.T.E.S.F)com o Curso de Básico em Teologia Ministerial aos sábados as 15:30 hs com núcleo:Pastor Francisco CONADIC(Convenção das Assembleias de Deus e Igrejas Coligadas no Brasil-N° 9.777-PE), na Escola Isaura Xavier nas imediações do antigo prédio da Estação Ferroviária.Com professores graduados e especializados.Grande oportunidade para aqueles que desejam crescer espiritualmente ,ministerialmente e na graça e no conhecimento de Deus. 2Pe 3:18.

MATRICULE-SE :
INSTITUTO TEOLÓGICO SEMENTES DE FÉ(I.T.E.S.F)
Matriculas abertas para o Curso Básico de Teologia Ministerial em Sertânia-Pe , entrar em contato com Pr. Francisco Siqueira . Descontos especiais para formação de turmas em cidades de PE. Tel para contato:87-3841-1675
Ou procure na Escola Isaura -Sertânia PE aos sábados, breve divulgação pela rádio e televisão on-line.Pr.Francisco de S.Campos.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

IRMÃOS NÃO FALEIS MAL UNS DOS OUTROS


Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz.
Há só um legislador que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem és, que julgas a outrem?
Tiago 4:11-12

Certa vez um pseudo-irmão começou a criticar pastores de renome com palavras perjorativas, então o repreendi e lembre-me desse texto.
Essa é uma triste realidade da Igreja secularizada, um tipo de inveja escondida.A nossa atitude deveria ser de fazedor de pontes e não construtores de paredes.Lembre-se sempre:Tu, porém, quem és, que julgas a outrem?
.Julgamentos precipitados são terríveis na construção do Reino de Deus na terra.
Rev.Francisco de Assis de S.Campos.

domingo, 31 de maio de 2009

AS ESCOLAS EVANGÉLICAS E O ENEM


Do primeiro ENEM até hoje muito mudou. Na concepção inicial, o desempenho do aluno concluinte do Ensino Médio era medido pela leitura, reflexão e expressão de suas idéias, e não pela competição baseada no acúmulo de conhecimentos que não estão ao acesso de todos em nossa sociedade. Perdido o objetivo inicial, não vejo demérito algum que as escolas evangélicas não estejam entre as primeiras colocadas no ranking do MEC. Afinal, creio que o ensino nessas escolas vise (ou deva visar) a formação do aluno como ser integral, desenvolvendo-lhe mente, corpo e alma segundo os preceitos cristãos. Se, ao lado disso, a escola alcançar uma boa colocação no ENEM, ótimo. Mas que cuide para que essa posição seja uma conseqüência e não o objetivo da formação escolar. (Rísia de Barros Coelho , Belém-PA - PA)
Fonte:Agencia Soma

EDUCAÇÃO TEOLÓGICA:ESCOLAS CONFISSIONAIS SEGUNDO O ENEM




Dos 10 melhores colégios do Enem 2008, 4 têm nomes de santos católicos: São Bento (Rio de Janeiro, primeiro lugar, com nota 80,58), Santo Agostinho (Belo Horizonte, quarto lugar, 76,43), Santo Inácio (Rio de Janeiro, sétimo, 76,09) e Santo Agostinho (Rio de Janeiro, 9º lugar, com nota 75,97). Quem vai até o 21º lugar (numa lista com os 1.917 melhores colégios, 10% do total) também não encontra nenhuma escola protestante, mas estão lá: Santo Inácio novamente (Rio de Janeiro, 75,92), Instituto Dom Barreto (Teresina, 75,5) e Santo Agostinho (Rio de Janeiro, 74,71, e Belo Horizonte, 74,62)

A melhor escola confessional protestante é o Colégio Sinodal, sediado em São Leopoldo, RS, e ligado à Rede de mesmo nome da Igreja Evangélica de Confissão Luterana. A unidade ficou na posição 71 do ranking, com nota 71,63, atrás de mais de uma dezena de instituições católicas, mas à frente do tradicional Colégio Marista São José, do Rio de Janeiro, que teve nota 71,46, e ficou na posição 75. A Rede Sinodal é a que tem o maior número das escolas protestantes com melhor desempenho no Enem.

O primeiro colégio presbiteriano a aparecer no ranking é o Instituto Presbiteriano Gammon, de Lavras, MG, com nota 67,82 e na posição 345.

O batista melhor posicionado está na posição 356: é o Colégio Batista Brasileiro, de Salvador, BA, com nota 67,71.

E o Colégio Metodista Izabela Hendrix, de Belo Horizonte, MG, é o primeiro desta denominação, com nota 65,27, na posição 749.

Os dados acima foram retirados da lista organizada pelo jornal Folha de São Paulo, facilitando a análise do ranking, com base em dados divulgados pelo Ministério da Educação no final de abril. A Folha “usou a média entre a prova objetiva e a redação, com a simulação de que todos os alunos do colégio tenham feito o Enem, que é optativo”.

Veja o ranking das escolas do país no Enem, segundo análise do jornal Folha de São Paulo.

Confira a planilha completa divulgada pelo Ministério da Educação.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

ESBOÇO DE SERMÃO:VOCÊ CRÊ NO IMPOSSÍVEL?


ESBOÇO
VOCÊ CRÊ NO IMPOSSÍVEL?
David Wilkerson

Texto base: Não endureça seu coração com as dúvidas

Podemos nos tornar tão calejados com dúvidas, que a verdade deixa de ser gravada por nós. Por exemplo, com o passar dos anos podemos nos tornar endurecidos pelas provações, sofrimentos, medos, dúvidas, e desapontamentos em grandes quantidades.



Em Mateus 15, lemos de um outro ajuntamento de pessoas, quando mais foram milagrosamente curados e alimentados. Dessa vez, a multidão chegava a quatro mil pessoas, mais mulheres e crianças. Uma vez mais, Jesus operou milagres de cura e então maravilhosamente alimentou as massas a partir de só sete pães e uns poucos peixes. Então, todos comeram, ficaram cheios, e os discípulos trouxeram de volta sete cestos cheios de comida que sobrou.



No fim do dia, Jesus outra vez entrou num bote com os discípulos, dessa vez para rumar a Magadc. Durante o trajeto, os discípulos discutiram entre si, perguntando: "Quem esqueceu de trazer o pão?". Evidente que eles tinham um só pão para si (v. Marcos 8:14). Imagine só: Pedro, Tiago, João e os outros estavam preocupados quanto ao pão, tendo acabado de chegar da maior distribuição de pães da história!



Quando Jesus os ouviu, não acreditou. Ele os reprovou dizendo "Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para cinco mil homens e de quantos cestos tomastes? Nem dos sete pães para os quatro mil e de quantos cestos tomastes? Como não compreendeis?" (Mateus 16:9-11).



E então perguntou: "Não vos lembrais de quando parti os cinco pães para os cinco mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes? Responderam eles: Doze! E de quando parti os sete pães para os quatro mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes? Responderam: Sete! Ao que lhes disse Jesus: Não compreendeis ainda?" (Marcos 8;18-21).



Jesus estava dizendo, em outras palavras, "Como pode acontecer isso? Estou tentando edificar um alicerce de fé em vocês. Como esses milagres não se gravaram em suas mentes?".



Eu lhe pergunto: por que Jesus aqui relacionou a fé débil e hesitante dos discípulos aos milagres dos pães e dos peixes? Por que atribuiu as dúvidas e o endurecimento de seus corações à não compreensão do significado de tais maravilhosas multiplicações? Por que Ele simplesmente não os recordou do milagre da transformação de agua em vinho? Ou do leproso que ficou curado instantaneamente? E o homem paralítico e preso à cama que foi baixado até Ele através do teto, curado por Cristo, e imediatamente pegou sua esteira de palha e saiu andando? E os espíritos imundos que viram Jesus e se dobraram diante dEle, gritando, "Tu és o Filho de Deus"?



Todos estes acontecimentos incríveis ocorreram antes de Cristo ter alimentado as multidões. Mas Jesus duas vezes traz os discípulos à lembrança desses dois milagres. Por que?

ESBOÇO FECHANDO AS PORTAS PARA MALDIÇÃO


ESBOÇO
FECHANDO AS PORTAS PARA MALDIÇÃO
Texto base: Ref: Josué 7
É com muita dor que um capítulo desse é registrado na Bíblia. Ao mesmo tempo em que é motivo de dor é motivo de advertência também. O inimigo causa grandes estragos em pequenas realizações não nas grandes, se ele aparecesse como o monstro ficaria fácil. São nas pequenas brechas que o inimigo atua.

Este texto é clássico como o Diabo acha brecha nas casas. Uma criança excepcional não tem noção do perigo, noção de altura..., entretanto se essa criança subir num prédio e cair de uma altura de 20 andares ela morre. O nosso desconhecimento de alguma coisa não nos torna isentos das conseqüências. Jesus Cristo resumiu as funções das trevas nas palavras - roubar, matar e destruir.

Deus tinha advertido os filhos de Israel e eles tinham ido para uma batalha contra uma cidade bem pequena, por isso enviaram só 3 mil homens e eles perderam 36 homens chefes de famílias na luta contra aquela cidade pequena, então Josué foi falar com Deus.

”O que nossos inimigos vão falar de nós? E Deus falou com Josué: “Vocês perderam essa batalha porque tem coisas no meio de vocês que não deveriam estar..., passa em revista a tropa às 12 tribos. A sorte caiu sobre uma família, e Josué chamou o chefe dessa família que era Acã e perguntou o que ele tinha feito e Acã falou: “Verdadeiramente pequei contra o SENHOR Deus de Israel, e fiz assim e assim." Josué 7: 20

Por causa de uma brecha o exército de Israel perdeu. Talvez você tenha dentro da sua casa um baralho, é a coisa mais elementar: onde se joga baralho? Na cartomancia, necromancia...

Talvez muitas derrotas estão acontecendo na tua vida, porque você está dando desculpas as coisas que Deus condena. Tire da sua casa aquilo que não presta e não traz edificação. Os grandes incêndios começam com uma pequena faísca. Precisamos entender que as ordens de Deus não são para serem analisadas e sim obedecidas.

Acã foi envergonhado e disciplinado, mas o problema é que sobrou para a família dele. Aquilo que você faz pode redundar em benção ou maldição para tua família.
Um conselho:

*Tire as imagens de esculturas da tua casa – se forem tuas. E Deus disse: “Ao Senhor adorarão e só a prestarão cultos.”   Mateus 4:10 ,Rm 8.

*Não tenha na tua casa barzinho com bebida alcoólica.

*Tire patuás, amuletos, coisas consagradas a demônios.

*Tire revistas pornográficas, revistas de fofocas...

O que você pode fazer, Deus não pode fazer por você!

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata Gonçalves de Santana

quinta-feira, 21 de maio de 2009

TERMOS TEOLÓGICOS:EPISTEMOLOGIA


Epistemologia ou teoria do conhecimento (do grego ἐπιστήμη [episteme], ciência, conhecimento; λόγος logos], discurso) é um ramo da filosofia que trata dos problemas filosóficos relacionados à crença e ao conhecimento.

A epistemologia estuda a origem, a estrutura, os métodos e a validade do conhecimento (daí também se designar por filosofia do conhecimento). Ela relaciona-se ainda com a metafísica, a lógica e o empirismo, uma vez que avalia a consistência lógica da teoria e sua coesão fatual, sendo assim a principal dentre as vertentes da filosofia (é considerada a "corregedoria" da ciência). Sua problematização compreende a questão da possibilidade do conhecimento: Será que o ser humano conseguirá algum dia atingir realmente o conhecimento total e genuíno, fazendo-nos oscilar entre uma resposta dogmática ou empirista? Outra questão abrange os limites do conhecimento: Haverá realmente a distinção entre o mundo cognoscível e o mundo incognoscível? E finalmente, a questão sobre a origem do conhecimento: Por quais faculdades atingimos o conhecimento? Haverá conhecimento certo e seguro em alguma concepção a priori?

Há ainda outras questões relativas ao conhecimento, como a apostasia da ciência de seu verdadeiro sentido e sua aproximação à outras formas de aprendizado com estruturas ilógicas e irracionais: O senso comum, a filosofia e a ciência no mais das vezes, dão um caráter universal ao contingente tornando-o dogmático. Assim, a ciência, que sempre julgou-se detentora única do saber, vê-se inserida em seu coexistente princípio de contradição.
Pode-se dizer que a epistemologia se origina em Platão. Ele opõe a crença ou opinião ("doxa", em grego) ao conhecimento. A crença é um determinado ponto de vista subjetivo. O conhecimento é crença verdadeira e justificada.

A teoria de Platão abrange o conhecimento teórico, o saber que. Tal tipo de conhecimento é o conjunto de todas aquelas informações que descrevem e explicam o mundo natural e social que nos rodeia. Este conhecimento consiste em descrever, explicar e predizer uma realidade, isto é, analisar o que ocorre, determinar por que ocorre dessa forma e utilizar estes conhecimentos para antecipar uma realidade futura.

Há outro tipo de conhecimento, não abrangido pela teoria de Platão. Trata-se do conhecimento prático, o saber como.

A epistemologia também estuda a evidência (entendida não como mero sentimento que temos da verdade do pensamento, mas sim no sentido forense de prova), isto é, os critérios de reconhecimento da verdade.

Ante a questão da possibilidade do conhecimento, o sujeito pode tomar diferentes atitudes:

Dogmatismo: atitude filosófica defendida por Descartes, segundo a qual podemos adquirir conhecimentos seguros e universais, e ter absoluta certeza disso.
Cepticismo: atitude filosófica oposta ao dogmatismo, a qual duvida de que seja possível um conhecimento firme e seguro, sempre questionando e pondo à prova as ditas verdades. Esta postura foi defendida por Pirro de Elis.
Relativismo: atitude filosófica defendida pelos sofistas que nega a existência de uma verdade absoluta e defende a idéia de que cada indivíduo possui sua própria verdade, que é em função do contexto histórico do indivíduo em questão.
Perspectivismo: atitude filosófica que defende a existência de uma verdade absoluta, mas pensa que nenhum de nós pode chegar a ela senão a apenas uma pequena parte. Cada ser humano tem uma visão da verdade. Esta teoria foi defendida por Nietzsche e nota-se ecos de platonismo.
Segundo Lalande, trata-se de uma filosofia das ciências, mas de modo especial, enquanto "é essencialmente o estudo crítico dos princípios, das hipóteses e dos resultados das diversas ciências, destinado a determinar sua origem lógica (não psicológica), seu valor e seu alcance objetivo". Para Lalande, ela se distingue, portanto, da teoria do conhecimento, da qual serve, contudo, como introdução e auxiliar indispensável.

Portanto, temos que epistemologia é o estudo sobre o conhecimento científico, ou seja, o estudo dos mecanismos que permitem o conhecimento de determinada ciência.

Japiassu distingue três tipos de Epistemologia:

a Epistemologia global ou geral que trata do saber globalmente considerado, com a virtualidade e os problemas do conjunto de sua organização, quer sejam especulativos, quer científicos;
a Epistemologia particular que trata de levar em consideração um campo particular do saber, quer seja especulativo, quer científico;
a Epistemologia específica que trata de levar em conta uma disciplina intelectualmente constituída em unidade bem definida do saber e de estudá-la de modo próximo, detalhado e técnico, mostrando sua organização, seu funcionamento e as possíveis relações que ela mantém com as demais disciplinas.
Segundo Trindade “todo conhecimento torna-se, devido à necessária vinculação do meio ao indivíduo que pertence ao próprio meio, um auto-conhecimento. Essa interação faz-se cogente pela gênese unívoca entre os muitos integrantes do mundo da vida, sem olvidar que o homem é um desses integrantes. [...] Ocorre, deste modo, um acoplamento estrutural entre o sistema nervoso do observador e o meio proporcionando, assim, uma mútua transformação/adaptação. O ser é modificado pelo meio ao qual o próprio ser pertence e modifica”

quinta-feira, 9 de abril de 2009

PERSONALIDADES ILUSTRES DE SERTÂNIA PE-PARTE 01.DR.ARISTÓTELES

ARISTÓTELES DE SIQUEIRA CAMPOS,Juiz de direito aposentado, Nascido em 31 de março de 1928.Filho de Manoel Engrácio de Siqueira Campos(que foi tabelião público desta cidade durante trinta anos) e Maria de Siqueira Campos(Camponesa) sendo -lhe o 5° filho do casal que teve oito filhos, estudou no Colégio Salesiano do Recife-PE onde cursou o 2° grau, logo após prestando vestibular para Direito, na Faculdade de Direito do Recife PE onde onde foi aprovado no ano de 1951 e se formou em Bacharel em Direito em 1957, foi nomeado Tabelião Público da cidade de Sertânia durante 10 anos, onde paralelamente Foi fundador Diretor do Instituto Educacional Beneficente-Sertânia PE, na época já como vereador também foi presidente da Casa do menor Sebastião Lafayete e No Rotary Clube, presidente do PDT.Foi nomeado Promotor Público da Comarcas de Tuparetama e Itapetim, prestando posteriormente Concurso Público para o Cargo de Juiz de Direito do Estado de PE onde foi nomeado e exerceu o dito cargo nas Comarcas de Carnaíba, Flores, Afogados da Ingazeira ,Tabira,Itapetim,São José do Egito(onde recebeu o título de cidadão honorífico), Betânia e finalmente na capital -Recife PE durante quatro anos, se aposentando voluntariamente após 30 anos de serviços prestados a Judicatura.Atualmente exerce advocacia plena em geral, atuando com escritório na rua Dr.Manoel Borba, hoje divorciado pai de 4 (quatro)filhos:Aristófanes de Siqueira Campos(Advogado e empresário),Aristóteles de S.Campos Filho(agropecoarista),Marcelo de Siqueira Campos(agropecoarista), Robélia de Siqueira Campos(Psicóloga e Tabeliã pública).Dr.Aristóteles é uma das mais ilustres personalidades que muito enaltece a sua terra natal, considerado o 2° Juiz de direito filho de Sertânia  .Postado por Rev.Francisco de Assis Siqueira Campos.

quinta-feira, 19 de março de 2009

HARPA CRISTÃ-algumas melodias são de canções folclóricas inglesas.

VOCÊ JA SABIA QUE:HINOS DE AUTORIA DO PR.P.L.M.7 hinos (Apenas a letra - a música já existia)? CONFIRA ABAIXO:
144-Vem à Assembléia de Deus
LITTLE BROWN CHURCH IN THE VALE
(Church in the Wildwood)
Música: William S. Pitts, 1857

205-Graça, graça
Canção folclórica inglesa: MY BONNIE IS OVER THE OCEAN

374-Vida abundante
Melodia Italiana

512-O amor inesgotável
Mesma melodia do hino 135 - O Nome precioso
Música: Mrs C. H. Morris

517-Cura divina
Mesma melodia do hino 178 - Gloriosa paz
Música: Haldor Lillenas, 1914

518-Salva-vidas
Mesma melodia do hino 122 - Fogo Divino
Música: Geo. C. Stebbins

523-Cristo, a fonte escondida
Mesma melodia do hino 483 - Ora vem Jesus
Música: Mrs C. H. Morris

HOMENÁGEM AO PR.PAULO LEIVAS MACALÃO


Biografia

Nasceu na cidade de Livramento, RS, a 17 de setembro de 1903. Filho do general João Maria Macalão e de D. Joaquina Jorgina Leivas Macalão. Recebeu sua educação inicial no Colégio Batista, no então Distrito Federal, e completou seu curso colegial no Colégio D. Pedro II. Era desejo de sua família que seguisse a carreira militar, e ele concordava, pois estava resolvido a entrar mesmo no Colégio Militar de Realengo, para seguir a carreira de seu pai. O curso de sua vida, no entanto, estava sendo orientado por Deus, Converteu-se em 5 de abril de 1924, sendo batizado a 3 de novembro do mesmo ano. Por essa razão, deixou de lado a carreira militar e dedicou-se à tarefa de expressar o seu amor à causa evangélica, seguindo o glorioso ideal de ganhar almas para o reino de Deus.

Não foi fácil para o jovem Paulo seguir os passos iniciais de sua nova carreira, porque encontrou os primeiros obstáculos entre os seus. Sua família, sentindo que este era o seu destino e que esta era a vontade de Deus, cedeu diante da fé inabalável do jovem crente.
Paulo Macalão começou sua campanha de evangelização nos subúrbios da zona rural, passando por Realengo, Bangu, Campo Grande, Santa Cruz, Marechal Hermes, bem como nos arredores do Estado do Rio de Janeiro, como Petrópolis e Niterói.
Os resultados não demoraram a chegar: um número de congregações foi estabelecido com o fim de salvar aqueles que estavam sem esperança, jazendo na incredulidade, levando-os à segurança da fé.
A 17 de agosto de 1930, o missionário Gunnar Vingren, que era o pastor da igreja no Rio de Janeiro, aproveitando a visita ao nosso país do missionário Lewi Pethrus, da Suécia, consagrou Paulo Leivas Macalão ao ministério da Palavra de Deus.
Bangu foi a localidade escolhida para seu trabalho evangelístico e para a construção do primeiro templo das Assembléias de Deus no Distrito Federal. Esta igreja ficava na rua Ribeiro de Andrade, 65, onde a 17 de janeiro de 1934, casou-se com Zéliz Brito, nascendo-lhe o único filho, Paulo Brito Leivas Macalão, hoje pastor em Caldas Novas, GO. Mas tarde o trabalho foi transferido para Madureira, bairro em que se estabeleceu a sede da igreja. De lá, espalhou-se para outros Estados, como Minas Gerais, Paraná, Goiás, Mato Grosso, São Paulo, Espírito Santo e, também, Brasília, quando do início da nova Capital Federal.
Por muitos anos, o pastor Macalão foi conselheiro da Sociedade Bíblica do Brasil, e Conselheiro Vitalício da CPAD. Foi presidente do Instituto Bíblico Ebenézer; da Convenção Nacional dos Obreiros de Madureira, e do Conselho Fiscal da Ordem dos Ministros Evangélicos do Brasil.
Ainda por longo tempo, foi membro do Comitê Internacional que planeja as Conferências Mundiais Pentecostais, em Dallas, Texas, representando o Brasil, quando teve ocasião de fazer vibrante pregação.
Visitou igrejas na Inglaterra e na Suécia, inclusive a Igreja Filadélfia em Estocolmo. Em Springfield, Missouri, quando da sua visita oficial à Sede Central das Assembléias de Deus na América do Norte, foi ali diplomado.
Recebeu também o título de cidadão do antigo Estado da Guanabara.
Corrigiu e ampliou a Harpa Cristã em sua última edição.
Passou a estar com o Senhor no dia 26 de agosto de 1982, aos 79 anos de idade.
Não é possível avaliar o trabalho desenvolvido pela AD em Madureira, que cresce a cada momento em todo o Brasil, mas uma estatística aproximada apontaria cerca de 2500 pastores, 5000 evangelistas, 8000 presbíteros, 11000 diáconos, mais de 3500 igrejas, mais de 3000 congregações, com um total de aproximadamente 3.500.000 membros.
FONTE: História das Assembléias de Deus no Brasil, CPAD, 2ª edição, 1982.

HISTÓRICO DA HARPA CRISTÃ


Abaixo vídeo e histórico escrito sobre a harpa cristão-Hinário Pentecostal.
História de um dos maiores símbolos da Igreja Pentecostal. A Harpa Cristã, nos dias de hoje, pode ser encontrada nas igrejas e lares por todo o país, levando o valor do trabalho de diversos homens e mulheres de Deus que compuseram belos e inesquecíveis hinos para a glória do Senhor.

A Harpa Cristã tem mais de 600 hinos.
Veja quanta história desconhecemos.
E isso sem falar das biografias!

1.
Quando um garoto de 17 anos, ferido em batalha e à beira da morte, está nos seus momentos finais de agonia e pede para que alguém ore por ele antes que tudo se acabe, quem vai orar tem um encontro com Deus exatamente no momento em que está orando pelo rapaz. Desta forma, quem ora se converte e quem morre consegue arrempedimento e conversão a tempo. Este personagem, que em razão disto se tornou um dos evangelistas mais conhecidos dos Estados Unidos, produziu hinos da Harpa Cristã que são cantados até os dias hoje!

2.
Ficou noivo duas vezes. As duas noivas faleceram. A mãe fica doente e não tem condições de vê-la porque existe um oceano separando ambos e ele não tem dinheiro para ir visitá-la. Escreve uma poesia para confortá-la. Para completar, morre afogado no Canadá. Um homem justo, que depois de sofrer tantas desventuras só tinha um objetivo: ajudar órfãos, viúvas e desamparados. A poesia escrita para sua mãe, com o objetivo de encorajá-la, tornou-se o hino favorito de milhões de cristãos ao redor do mundo e se encontra em quase todos os hinários evangélicos. Ele está traduzido em mais de vinte idiomas! E como não poderia deixar de ser, também faz parte da Harpa Cristã!

3.
Durante a noite, uma senhora e seus três filhos que estavam dormindo na casa de parentes, morrem em decorrência das chamas de um incêndio, vindo a falecer os quatro. Que tragédia! O marido desta senhora, arrasado, muito triste, desesperado, porém, servo do Deus vivo, é confortado e encorajado. Mesmo diante de tanta adversidade consegue compor um hino tão lindo!

4.
Ele nasceu em Cafarnaum da Galiléia, em Israel, em 1910, não se casou e nunca teve sequer namorada. Vivo até os dias de hoje, portanto com 97 anos. Não, não é uma "simples vida". É, praticamente, um século de inteira dedicação a Deus!

5.
Certo domingo à tarde, vagueava um homem pelas ruas da cidade de São Paulo. Depois de haver bebido o dia todo, (como dizem, "tomado todas"), deitou num dos bancos da Praça. Quando despertou já era noite. De longe lhe vinha aos ouvidos o cântico de um hino! Era o hino que ele mesmo havia composto! Daquela noite em diante sua vida não seria mais a mesma. Foi fiel ao Senhor até o fim da sua vida. Deus deu-lhe inspiração para compor um hino (louvor) que se destinava não só à conversão de outros como também a sua própria conversão.

6.
Uma garota pobre, de 14 anos de idade, filha de um bêbado, falta a uma reunião evangélica pelo fato de estar com pneumonia. Dez dias depois vem a falecer em razão da doença. Esses acontecimentos já englobam elementos suficientes para inspirar a composição de um hino.

7.
Em 1851 um homem compõe uma canção com palavras do dialeto utilizado pelos escravos americanos, como se fosse um negro cantando com saudades da sua família que havia sido deixada na velha plantação, passando a impressão de que alguém está longe de casa e separado da sua família.
Para um missionário que está longe de casa, conhece a melodia (folclórica) e está em terra estranha e, evidentemente, com saudades da família todas as condições ideais para criar um texto de hino estão reunidos num lugar só. Resultado: um hino famoso, que é cantado até hoje.

8.
Fazia apenas um mês que aquela pessoa era crente e estava muito triste porque teve pouquíssimo tempo para servir ao Senhor. Ele disse: "Não tenho medo de morrer. Jesus me salva agora." Este acontecimento foi motivo de inspiração de um hino, saiba qual.

9.
Um Pastor tem um compromiso para pregar porém, sua esposa está muito mal. Ele hesita em ir ou não ir à igreja. Diante da situação, seu filho, um garotinho ainda, faz a seguinte pergunta: "Pai, se Deus quer que o Senhor vá pregar, Ele não pode cuidar da mamãe enquanto isso?." Dessa forma, surgiu a inspiração para compor um hino muito conhecido da Harpa Cristã. A senhora que estava na cama, muito doente, começa a orar, pensando nas palavras do seu filho e, enquanto seu marido está na igreja, compõe a letra do hino. Quando ele retorna ela já está melhor, o hino completamente escrito em forma de poesia e o pastor compõe a música. FONTE:Site Meter© Copyright 2008 - All rights reserved.Harpa Cristã - Fragmentos Históricos

quarta-feira, 18 de março de 2009

AVC-ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

O acidente vascular cerebral (AVC) é um grande causador de mortalidade em nosso país, creio que o maior fator é a falta de vigilância na aferição de pressão arterial por parte de pacientes e de profissionais de saúde, a assistencia ao AVC devia ser profilática , más, infelizmente não é, o que tem causado um incontável número de óbitos no setor público de saúde.Rev.Francisco S.Campos

Introdução ao Acidente Vascular Cerebral

Acidente Vascular Cerebral O AVC resulta da restrição de irrigação sanguínea ao cérebro, causando lesão celular e danos nas funções neurológicas.

As causas mais comuns são os trombos, o embolismo e a hemorragia.

Apresenta-se como a 2ª causa de morte no mundo. O AVC é a principal causa de incapacidade neurológica dependente de cuidados de reabilitação e a sua incidência está relacionada com a idade.

Irão ser focados aspectos relativos da patologia, tais como, epidemiologia, causas de AVC, factores de risco, fisiopatologia, tipos de AVC, manifestações clínicas, complicações…

Definição

A definição de Acidente Vascular Cerebral (AVC) do Dicionário Médico é uma manifestação, muitas vezes súbita, de insuficiência vascular do cérebro de origem arterial: espasmo, isquemia, hemorragia, trombose (Manuila, Lewalle e Nicoulin, 2003).

Acidente Vascular Cerebral é um derrame resultante da falta ou restrição de irrigação sanguínea ao cérebro, que pode provocar lesão celular e alterações nas funções neurológicas. As manifestações clínicas subjacentes a esta condição incluem alterações das funções motora, sensitiva, mental, perceptiva, da linguagem, embora o quadro neurológico destas alterações possa variar muito em função do local e extensão exacta da lesão (Sullivan, 1993).

Epidemiologia

O AVC é uma ameaça à qualidade de vida na velhice não só pela sua elevada incidência e mortalidade, mas também pela alta morbilidade que causa, implantando-se frequentemente em pessoas já com problemas físicos e/ou mentais (Resck, Botelho, Herculano, Namorato, Freire, 2004; William Pryse-Phillips, 1995). Também afecta na sua maioria aos idosos, mas existe uma percentagem de 20% dos AVC’s que ocorre em indivíduos abaixo dos 65 anos. É uma patologia que atinge mais a raça negra, especialmente a faixa etária mais jovem (Sullivan)

© AcidenteVascularCerebral.com Design by: styleshou

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

TIPOLOGIA BÍBLICA

SEBEMGE - SEMINÁRIO BATISTA DO ESTADO DE MINAS GERAIS



TRABALHO DE ANÁLISE DO VELHO TESTAMENTO



Os Tipos de Cristo

em Gênesis

Aluno : Anísio Renato de Andrade

Professor : Pr.Nilson

Período : Quinto - Curso : Bacharel em Teologia Ministerial

Data : 30 de maio de 1996 - Local : Belo Horizonte - MG





OS TIPOS DE CRISTO EM GÊNESIS



O QUE É UM TIPO ?



A palavra vem do grego : tipos. Significa molde ou sinal. Aquilo que inspira fé como modelo. Personagem paradigmático.

Os tipos de Cristo são personagens, animais ou objetos, nesse caso, de Gênesis, que possuíram características "messiânicas". Eram profecias vivas,ou visíveis, a respeito de Cristo. Estudando a respeito desses personagens, entendemos um pouco mais sobre o caráter de Jesus e do seu ministério. Tais pessoas e fatos, abordados na seqüência, eram sombras da realidade, que é Cristo.



ADÃO



Este foi o primeiro homem. Talvez não o associássemos à pessoa de Cristo se Paulo não o tivesse feito. O apóstolo traça tal paralelo em Romanos 5:12-21 e em I Coríntios 15:21,22,45-49. A semelhança entre Jesus e Adão está no fato de ambos terem sido os primeiros de suas respectivas "espécies". Adão foi o primeiro da raça humana. Jesus foi o primogênito dos filhos de Deus (Rm.8:29). Seus atos foram determinantes na formação da natureza de seus descendentes (Rm.5:19 Is.53:10). Tanto o pecado de Adão quanto a salvação em Cristo podem ter conseqüências eternas, dependendo, para isso, da escolha que se faz pelo lívre-arbítrio. Além desses pontos, a comparação entre os dois é feita com ênfase no contraste:



O ANIMAL SACRIFICADO PARA VESTIR ADÃO E EVA



O pecado trouxe a consciência da nudez e, consequentemente, a vergonha. Eles tomaram a iniciativa de fazer algo que os cobrisse. Usaram folhas de figueira para fazer aventais, ou cintas. Tanto o material era inadequado quanto insuficiente a extensão da roupa produzida. Deus então lhes fez túnicas de peles (Gn.3:21). A pele iria cobri-los convenientemente, além de aquecê-los. Para que Deus utilizasse peles, entendemos que pelo menos um animal deveria ser morto.

A iniciativa humana para cobrir os danos do pecado é totalmente ineficaz. Só Deus podia fazê-lo. Para isso, ele enviou o seu filho, o Cordeiro de Deus, que, tendo sido morto, nos cobre, nos protege e nos torna dignos de chegar à presença de Deus sem constrangimento.



ABEL



Abel foi morto sem que fosse digno de morte. Seu sangue clamava a Deus desde a terra. Jesus também foi morto sem haver cometido nenhum crime e seu sangue fala melhor que o de Abel. Vemos um paralelo simples entre Abel e Jesus, conforme descrito em Hebreus 12:24.



A ARCA DE NOÉ



Quando Deus decidiu destruir os homens perversos e pecadores, ele mandou que Noé construísse a arca. Este seria o único meio de salvação. Este é um símbolo perfeito para a obra de Cristo. Ele é o único meio de salvação neste tempo que antecede a destruição final. Noé "pregava a arca" como a última chance. Nós pregamos a Cristo. Evidentemente, só entraria na arca quem cresse na palavra de Noé, na segurança da embarcação e se arrependesse de sua condição de pecado. Entrar na arca era um ato público e subentende renúncia ao que ficava para trás. Tudo isso encontra paralelo na conversão a Cristo. Finalmente, cabe lembrar que a salvação pela arca foi comparada ao batismo pelo apóstolo Pedro em sua primeira epístola (3:20-21).



JOSÉ



José foi um dos 12 filhos de Jacó. Foi invejado pelos irmãos que o venderam por 20 moedas de prata. Jesus foi vendido por 30 moedas. José foi tirado da casa de seu pai e foi viver no Egito como servo. Jesus também deixou a casa do Pai celestial e veio ao mundo em forma de servo (Fp.2:7). José foi o meio de salvação para o Egito e para sua própria família no tempo da fome. Da mesma forma, Jesus é o

único meio de salvação para a humanidade. Ele é o pão para a fome espiritual. Em Gênesis, José é o tipo mais evidente de Cristo. O próprio Faraó lhe deu o nome de Zafenate Panéia, que significa "Salvador do Mundo". Aí então, ele foi elevado à posição de governador do Egito. Assim como Jesus foi exaltado pelo Pai e recebeu um nome que é sobre todo nome, passando a ter todo o poder nos céus e na terra (Fp.2:9 Mt.28:18). Acima de José só havia Faraó. Acima de Cristo, só o Pai. José comprou para Faraó toda a terrra do Egito. Jesus comprou com o seu sangue todos aqueles que serão salvos. "Porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua ,e povo e nação." (Ap.5:9).



ISAQUE



Sua semelhança com Cristo se deve a dois episódios de sua vida :

1) A experiência de Moriá

A cena de Abraão levando Isaque, seu único filho, para ser sacrificado, nos lembra que Deus entregou seu filho unigênito, Jesus, para ser morto em sacrifício. Isaque aceitou resignadamente a decisão de seu pai e carregou a lenha que serviria para queimá-lo. Jesus aceitou seu sacrifício e carregou a própria cruz. Ambos subiram um monte para serem mortos. A diferença se dá no desfecho das histórias. Isaque foi poupado. Jesus foi morto de fato.

2) Casamento

Em Gênesis 24 temos um relato que serve como base para se pregar sobre a trindade divina. Abraão representa o Pai; Isaque, o Filho; Eliezer simboliza o Espírito Santo. Eliezer foi enviado à terra natal de Abraão para buscar a esposa de Isaque - Rebeca - que tipifica a igreja, noiva de Cristo.



O CARNEIRO QUE SUBSTITUIU ISAQUE NO HOLOCAUSTO



Quando Abraão ia sacrificar Isaque, Deus não o permitiu. Ao levantar seus olhos, Abraão viu um carneiro embaraçado pelos chifres. Tomou-o e o sacrificou em lugar de seu filho (Gn.22:13). Conforme o texto nos mostra, o carneiro foi providenciado por Deus para que Isaque fosse poupado e, ainda assim, o sacrifício fosse realizado.

A justiça divina exige que todo pecado tenha a devida punição. O sacrifício pelo pecado da humanidade não poderia deixar de ser efetuado. Todos nós morreríamos eternamente em conseqüência do nosso pecado. Entretanto, a providência divina preparou um cordeiro, Jesus, que foi morto em nosso lugar a fim de nos dar a vida eterna (Jo.1:29).



MELQUISEDEQUE



Este era rei de Salém e sacerdote do Deus Altíssimo. O escritor da carta aos Hebreus traça uma analogia entre Melquisedeque e Cristo. O paralelo se faz em torno da questão do sacerdócio de ambos e principalmente pelo fato de que nem um nem outro pertencia à tribo de Levi, que ainda não existia e de onde, deveriam, segundo a lei, vir os sacerdotes. Além disso, a omissão sobre origem, genealogia e morte de Melquisedeque, dá uma impressão de eternidade do personagem, relacionando-o, assim, à eternidade de Cristo. Melquisedeque era rei de Salém, que era o antigo nome de Jerusalém. Jesus é o Rei dos reis e a sede do seu governo será a Nova Jerusalém. Melquisedeque ofereceu a Abraão pão e vinho. Jesus ofereceu aos discípulos pão e vinho quando instituiu a ceia.



JUDÁ



Ao abençoar seus filhos, Jacó disse que Judá é um leãozinho e dele não se arredará o cetro. Ele amarrará o seu jumentinho e lavará suas vestes no vinho. Tal pronunciamento foi uma profecia surpreendente em forma poética. No Novo Testamento, Jesus se encaixa nessa profecia como a mão que entra numa luva feita sob medida. Ele é o Leão da tribo de Judá (Ap.5:5) que regerá as nações com cetro de ferro (Ap.12:5). Cristo entrou em Jerusalém montado em um jumentinho. Quanto a lavar as vestes no vinho, isso representa sua morte e o derramamento do seu sangue. O lavar nos dá margem para pensar no poder purificador do sangue de Jesus. Aí poderíamos questionar : por quê suas vestes precisariam ser lavadas ? Teriam elas alguma impureza ? A única explicação que encontramos foi relacionar as vestes ao corpo, ou seja, o sangue foi derramado para purificar aqueles que fariam parte da igreja, que é o corpo de Cristo.

No texto de Gênesis 49, há um trecho misterioso : "... até que venha Siló; e a ele se congregarão os povos." O nome Siló parece ser uma referência a Cristo. Na parte que diz "a ele se congregarão os povos", não está bem claro se o pronome reto "ele" se refere a Judá ou a Siló. De qualquer forma, não temos dúvida de que a Cristo se congregarão os povos, "segundo o beneplácito, que propusera em si mesmo, de tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra." (Ef.1:9-10).



Anísio Renato de Andrade


APÊNDICE
AS DUAS SEMENTES
Gênesis 3:15 "E porei inimizade entre ti e a mulher e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar."
O texto acima apresenta a primeira profecia sobre a vinda de Cristo. A serpente representa Satanás. Veja também Apocalipse 12.9 e II Coríntios 11.3. Satanás significa adversário. Note que a "inimizade" já está embutida no seu nome. Embora ele já existisse há muito tempo, não havia nenhuma relação entre aquele ser angelical e o ser humano. A partir de Gênesis 3, passou a existir a inimizade entre ambos. A própria mulher, que acabava de ser vítima do Diabo, produziria a destruição do mesmo, porque através dela haveria de vir aquele que venceria o diabo. Por isso a palavra "semente" é importante. Nesse contexto, "semente" significa "descendência". Existe uma versão bíblica que usa a palavra "descendente" em lugar de semente. Tal tradução deixa mais clara a profecia messiânica. É fundamental observarmos que o texto fala de duas sementes, ou seja, duas descendências: uma semente bendita e uma semente maldita. A "tua semente" refere-se à semente do diabo. A "sua semente" refere-se à semente da mulher. Uma descendência abençoada e uma descendência amaldiçoada. Entendo que aí estão os filhos de Deus e os filhos do diabo. Essas duas descendências são espirituais e não carnais. Elas estão bem representadas em toda a bíblia e tem um relacionamento de inimizade constante. Logo no capítulo 4 de Gênesis, já surgem os dois primeiros representantes: Caim representando a semente maligna e Abel, a semente benigna. Você já sabe o que aconteceu. Logo depois nasceu Sete para dar continuidade à semente da benção. Vamos dar mais alguns exemplos: Isaque e Ismael; Jacó e Esaú; Davi e Saul, etc. Durante toda a história, as duas descêndencias caminham juntas como o trigo e o joio que crescem juntos. No Novo Testamento, João Batista e Jesus chamaram os fariseus de "raça de víboras" (Mt.3.7 e 23.33). O que é isso??? Uma descendência de serpentes. Observa-se então uma ligação com a semente da serpente, mencionada em Gênesis 3. No ápice dessa representação genealógica temos a relação entre Jesus e Judas.
"Esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar." Esta frase mostra que haveria um confronto entre as duas sementes, ou mais especificamente, entre o diabo e Cristo. O Senhor Jesus seria ferido nesse combate. Vemos que ele realmente foi ferido quando esteve aqui no mundo. Contudo, esse ferimento foi comparado a um golpe no calcanhar. Isso mostra claramente qual é a posição do diabo em relação a Cristo e em relação à igreja. Já que ele está debaixo dos nossos pés, a única parte que ele consegue atingir é o nosso calcanhar. Ele fez assim com Cristo. Veja também os textos de Lucas 10.17-19 e Romanos 16.20.
É verdade que Cristo seria ferido, pois assumiria o nosso lugar e a nossa culpa, mas, ao mesmo tempo, ele esmagaria a cabeça do diabo. Por que a cabeça? Como disse o Pr.Wanderley Miranda, calcanhar ferido tem cura, mas cabeça esmagada não tem. Isso significa que a derrota de Satanás é definitiva, irreversível. A interpretação aqui apresentada tem grande aceitação entre os estudiosos da bíblia.
Indo um pouco além, a "mulher" do texto, que é uma referência a eva, talvez possa também ser interpretada como um símbolo da igreja, que haveria de esmagar satanás sob seus pés.
Falamos de duas sementes. Talvez isso esteja também relacionado às duas descendências mencionadas em Gênesis 6.2.
Extraídfo do Pr.Anisio Renato de Andrade

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

É CORRETO ORAR NO MONTE?

Ha uma boa resposta que transcrevo do Blog do Ciro que esclarecerá um pouco, depois postarei minhas opiniões a respeito.segue texto abaixo:
Estimado pastor Ciro, paz seja com o irmão.
Sou ovelha do Senhor Jesus e do pastor Francisco José da Silva, em Cordovil, RJ. Sou também seu leitor há muito tempo e li um trecho do seu livro mais recente — Mais Erros que os Pregadores Devem Evitar —, em que o senhor vê com reservas os cultos realizados em montes. Sendo bastante objetivo na minha pergunta, quais são as objeções que o senhor tem em relação a esse costume tão evangélico quanto antigo de “subir o monte”?
Muitíssimo grato.

Pastor Ciro responde:

Prezado Bruno, a paz do Senhor!

Considero um privilégio fazer parte da Assembléia de Deus em Cordovil, que tem como pastor-presidente o amado irmão e amigo Francisco José da Silva, ministério vice-presidido pelo estimado amigo, mestre e pastor Antonio Gilberto.

Meu irmão, quanto a cultos em montes, tenho sim objeções. Não só em relação a montes, pois, em cidades brasileiras desprovidas de montes, o povo ora no meio do mato mesmo! Não sei se você sabe, mas o mormonismo, de Joseph Smith Jr., começou quando esse homem estava orando no meio do mato! Um anjo chamado Morôni se apresentou e... Bem, lugares assim costumam reunir pessoas voltadas ao misticismo, desprovidas de discernimento espiritual, sendo presas fáceis de espíritos enganadores e doutrinas de demônios (1 Tm 4.1; Gl 1.8).

Como já freqüentei lugares assim, quando era novo convertido, falo com conhecimento de causa. Aliás, justiça seja feita, existe em São Paulo, na cidade de Araçariguama, há cinqüenta quilômetros da capital, um lugar chamado Vale da Bênção, que, quando eu puder, volto lá para buscar a Deus, haja vista tratar-se de um local seguro. Eis aqui uma das minhas objeções a oração no monte: falta de segurança.

O irmão sabia que algumas irmãs já foram violentadas em certos montes? Sabia que alguns irmãos já foram assaltados? Em São Paulo, na Serra da Cantareira, irmãos foram atacados, há algum tempo, por um grupo de macacos! Isso mesmo. Lembra-se daquele jovem que morreu, no Rio de Janeiro, há alguns anos, vítima de um raio? Se ele estivesse orando dentro do templo ou em casa, como Jesus ensinou, a tragédia não teria acontecido.

Por que orar no monte? Muitos afirmam que ficam mais perto do Senhor; outros dizem ver gravetos pegando fogo... Ora, na escuridão de uma mata ocorre esse fenômeno natural, que é mais ou menos como aquela miragem que vemos na estrada. Experimente subir ao monte de dia para ver o graveto luminoso ou incandescente... O irmão conhece alguém que já viu um graveto pegando fogo durante o dia? Eu mesmo já fiz o teste. E, como somos espirituais — e os espirituais discernem bem tudo (1 Co 2.15) —, não podemos confundir fenômenos naturais com manifestações divinas sobrenaturais.

Moisés esteve na presença do Senhor no monte, que fumegava enquanto ele com Deus falava, como lemos em Êxodo 19. Isso sim é sobrenaturalidade! Jesus orava no monte também. E, na Transfiguração (e somente nesse caso), houve uma manifestação sobrenatural (Mt 17.1-13), embora nada comparável a supostos gravetos incandescentes...

Por outro lado, quais dos apóstolos oravam no monte? Para onde Pedro e João estavam indo, na hora da oração? Ao templo (At 3.1). Onde Pedro estava orando quando o Senhor lhe deu uma visão acerca da evangelização dos gentios? No terraço de uma casa (At 10.9). Nota-se que já nos tempos da igreja primitiva não se orava em montes.

Mas, por que o Senhor Jesus orava no monte? Porque queria ficar a sós com o Pai (Mt 14.23; Lc 9.18), e isso não seria possível na casa de alguém, devido ao assédio do povo, nem nas sinagogas, onde Ele era persona non grata (Lc 6.12; 22.44). Observe, porém, que Ele também orava em lugares desertos, não necessariamente em montes (Lc 5.16). E que não realizava cultos em lugares assim; Ele apenas fazia isso para ficar a sós com o Pai.

Jesus orava nos montes e lugares desertos porque não havia na época templos como os de hoje. Mas Ele foi claro, ao dizer: “A minha casa será chamada casa de oração” (Mt 21.13). E também afirmou: “... quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai...” (Mt 6.6).

Não chega a ser uma heresia orar em montes, vales ou no meio do mato. Mas, se não houver segurança, fazer isso é tentar ao Senhor. O crente que tem comunhão com Deus sabe que o Senhor ouve a sua oração no templo, em casa e em qualquer lugar (Mt 18.20; 1 Tm 2.8). Se houver um monte seguro, que não ponha em risco a integridade física dos freqüentadores, não vejo problema em freqüentá-lo. Agora, essa história de que os gravetos pegam fogo em cima do monte é misticismo puro!

Em Cristo,

Fonte:CSZ
Postado por Ciro Sanches Zibordi –blog do Ciro.

DÊ COMIDA AOS PEIXES CLICANDO NA SUA FRENTE

PARCERIA COM NOSSO BLOG

MENSAGENS

RECOMENDO 2





HOLOFOTE

MINISTÉRIO CESAR AQUINO
Estudos Bíblicos, Conheça a Bíblia, Apóstolos do Século XXI e muito mais...

MENSAGEM DO ADMINISTRADOR

QUE O DEUS ETERNO ENCHA TUA VIDA E TEU CORAÇÃO DE PAZ E ALEGRIA E BENÇÃOS SEM FIM .ESTA É A MENSAGEM DO MINISTÉRIO SEMENTES DA FÉ VERDADEIRA. DO REV.FRANCISCO DE SIQUEIRA .

SAIBA :NINGUÉM TE AMA COMO JESUS TE AMA,VOCÊ NÃO ESTÁ AQUI POR ACASO, CREIA.

PROCURE -NOS ,AMAMOS VOCÊ E JESUS TAMBÉM.
ENVIE-NOS SEU COMENTÁRIO TEREMOS PRAZER EM RESPONDÊ-LO.
PR.FRANCISCO DE SIQUEIRA CAMPOS.

Contra dengue

LOGOTIPO DE NOSSA IGREJA

LOGOTIPO DE NOSSA IGREJA
AQUI ADORAMOS A DEUS EM ESPÍRITO E VERDADE!

CURIOSIDADES BÍBLICAS - leia:

P: Quais os livros da Bíblia que tem apenas 1 capítulo? R: Obadias, Filemom, II João, III João e Judas. P: Quais os livros da Bíblia que terminam com um ponto de interrogação? R: Lamentações, Jonas e Naum. P: Qual o menor livro da Bíblia? R: II João (possui somente 13 versículos). P: Qual o maior livro da Bíblia? R: Salmos (possui 150 capítulos). P: Qual o menor capítulo da Bíblia? R: Salmo 117 (possui 2 versículos). P: Qual o maior capítulo da Bíblia? R: Salmo 119 (possui 176 versículos). P: Qual o menor versículo da Bíblia? R: Jó 3:2 (possui 07 letras). P: Qual o maior versículo da Bíblia? R: Ester 8:9 (possui 415 caracteres). P: Quantas palavras a Bíblia contêm aproximadamente? R: 773.693 palavras. P: Quantas letras a Bíblia contêm aproximadamente? R: 3.566.480 letras. P: Quantos capítulos e quantos versículos a Bíblia possui? R: 1.189 capitulos e 31.102 versículos. P: Qual é o versículo que está no centro da Bíblia? R:O capítulo que está no centro da Bíblia é o SALMO 118. Antes do salmo 118, há 594 capítulos e depois do salmo 118, há 594 capítulos = 1188 capítulos. exatamente o versículo do salmo 118:8, ele diz: É melhor confiar no SENHOR do que confiar no homem. P: Em quais os livros da Bíblia não encontramos a palavra Deus? R: Ester e Cantares de Salomão. Curiosidade de Gênesis P: Quem foi o primeiro bígamo citado na Bíblia e quais eram os nomes das esposas? R: Lameque. Ada e Zilá. Gênesis 4:19. P:Quem foi o pai dos que habitam em tendas e possuem gado? R: Jabal. Gênesis 4:20. P: Quem foi o pai de todos os que tocam harpa e flauta? R: Jubal. Gênesis 4:21. P: Quem era rei e sacerdote ao mesmo tempo? R: Melquisedeque. Gênesis 14:18. P: Qual é a única mulher cuja idade é mencionada na Bíblia? R: Sara. Gênesis 23:1. P: Onde lemos na Bíblia de camelos se ajoelhando? R: Gênesis 24:11. P: Quais os nomes dos filhos de Abraão? R: Zinrá, Jocsã, Medã, Midiã, Jisbaque, Sua (filhos de Quetura), Isaque (filho de Sara) e Ismael (filho de Hagar). Gênesis 25:2,9. Curiosidades de Êxodo P: Qual a mãe que recebeu um salário para criar o seu próprio filho? R: Joquebede, mãe de Moisés. Êxodo 2:8,9,10. P: Qual o nome do homem acusado por sua esposa de derramar sangue? R: Moisés. Êxodo 4:24,25. P: Qual o sobrinho que se casou com a sua tia? R: Anrão, pai de Moisés. Êxodo 6:20. P: Onde se lê na Bíblia que as águas, por serem amargas, não serviam para consumo, porém tornaram-se doces depois? R: Êxodo 15:23,24,25. P: Onde se encontra a lei, por meio da qual um escravo ganhava liberdade por perder um dente? R: Êxodo 21:27. P: Onde se lê na Bíblia que os israelitas foram advertidos para obedecerem a um Anjo? R: Êxodo 23-20,21. Curiosidades de Números P: Qual rei teve os seus inimigos abençoados pelo profeta que ele tinha chamado para os amaldiçoar? R: Balaque, rei de Moabe. Números 22-5,6,12 + Números 23:11,12. P: Qual o cavaleiro que teve o seu pé imprensado contra o muro? R: Balaão. Números 22:25. Curiosidades Gerais • A Bíblia se divide em duas partes: Antigo Testamento e Novo Testamento. Tem 66 livros, sendo 39 no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento. • O Salmo 119 tem, em hebraico, 22 seções de oito versículos. Cada uma das seções inicia com uma letra do alfabeto hebraico, de 22 letras. Dentro das seções, cada versículo inicia com a letra da seção. • Que "o caminho de um sábado" era o caminho permitido no dia de sábado; a distância que ia da extremidade do arraial das tribos ao tabernáculo, quando no deserto, isto é, cerca de 1.200 metros. • O capítulo 19 de II Reis é igual ao 37 de Isaías. • No livro Lamentação de Jeremias, os capítulos 1, 2 e 4 têm versículos em número de 22 cada, compreendendo as letras do alfabeto hebraico. O capítulo 3 tem 66 versículos, levando cada três deles, em hebraico, a mesma letra do alfabeto. • A menor Bíblia existente foi impressa na Inglaterra e pesa somente 20 gramas. Este fabuloso exemplar da Bíblia mede 4,5 cm de comprimento, 3 cm de largura e 2 cm de espessura. Apesar de ser tão pequenina, contém 878 páginas, possui uma séria de gravuras ilustrativas e pode ser lida com o auxílio de uma lente. • A maior Bíblia que se conhece, contém 8.048 páginas, pesa 547 quilos e tem 2,5 metros de espessura. Foi confeccionada por um marceneiro de Los Angeles, durante dois anos de trabalho ininterrupto. Cada página é uma delgada tábua de 1 metro de altura, em cuja superfície estão gravados os textos. • Vamos Ler a Bíblia? A Bíblia contém 31.000 versículos e 1.189 capítulos. Para sua leitura completa, são necessárias 49 horas, a saber, 38 horas para a leitura do Velho Testamento e 11 horas para a do Novo Testamento. Para lê-la audivelmente, em velocidade normal de fala, são necessárias cerca de 71 horas. Se você deseja lê-la em 1 ano, deve ler apenas 4 capítulos por dia. • Tradução: Você sabia que das 2.000 líguas e dialetos falados no mundo, cerca de 1.200 já possuem a Bíblia ou textos bíblicos traduzidos? • O nome "Bíblia" vem do grego "Biblos", nome da casca de um papiro do século XI a.C.. Os primeiros a usar a palavra "Bíblia" para designar as Escrituras Sagradas foram os discípulos do Cristo, no século II d.C.; • Ao comparar as diferentes cópias do texto da Bíblia entre si e com os originais disponíveis, menos de 1% do texto apresentou dúvidas ou variações, portanto, 99% do texto da Bíblia é puro. Vale lembrar que o mesmo método (crítica textual) é usado para avaliar outros documentos históricos, como a Ilíada de Homero, por exemplo; • É o livro mais vendido do mundo. Estima-se que foram vendidos 11 milhões de exemplares na versão integral, 12 milhões de Novos Testamentos e ainda 400 milhões de brochuras com extratos dos textos originais; • Foi a primeira obra impressa por Guttenberg, em seu recém inventado prelo manual, que dispensava as cópias manuscritas; • A divisão em capítulos foi introduzida pelo professor universitário parisiense Stephen Langton, em 1227, que viria a ser eleito bispo de Cantuária pouco tempo depois. A divisão em versículos foi introduzida em 1551, pelo impressor parisiense Robert Stephanus. Ambas as divisões tinham por objetivo facilitar a consulta e as citações bíblicas, e foi aceita por todos, incluindo os judeus; • A Bíblia foi escrita e reproduzida em diversos materiais, de acordo com a época e cultura das regiões, utilizando tábuas de barro, peles, papiro e até mesmo cacos de cerâmica; • Com exceção de alguns textos do livro de Ester e de Daniel, os textos originais do Antigo Testamento foram escritos em hebraico, uma língua da família das línguas semíticas, caracterizada pela predominância de consoantes; • A palavra "Hebraico" vem de "Hebrom", região de Canaã que foi habitada pelo patriarca Abraão em sua peregrinação, vindo da terra de Ur; • Os 39 livros que compõem o Antigo Testamento (sem a inclusão dos apócrifos) estavam compilados desde cerca de 400 a.C., sendo aceitos pelo cânon Judaico, e também pelos Protestantes, Católicos Ortodoxos, Igreja Católica Russa, e parte da Igreja Católica tradicional; • A primeira Bíblia em português foi impressa em 1748. A tradução foi feita a partir da Vulgata Latina e iniciou-se com D. Diniz (1279-1325). • A primeira citação da redondeza da terra confirmava a idéia de Galileu, de um planeta esférico. Bastava que os descobridores conhecessem a bíblia. (Isaías 40:22) • Davi, além de poeta, músico e cantor foi o inventor de diversos instrumentos musicais. (Amós 6:5) • O tio e a tia de Jesus se tornaram "crentes" na sua pregação antes de sua crucificação. (Lucas 24:13:18, João19:25) • O nome "cristão" só aparece três vezes na Bíblia. (Atos 11:26, Atos 26:28 e I Pedro 4:16) • A "Epístola da Alegria" , a carta de Paulo aos Filipenses, foi escrita na prisão e as expressões de alegria aparecem 21 vezes na epístola. • Quem dá aos pobres, empresta a Deus, e Ele lhe pagará. (Provérbios 19: 17) • O trânsito pesado e veloz, os cruzamentos e os faróis acesos aparecem descritos exatamente como nos dias de hoje. (Naum 2:4) • A mensagem através de "out-doors" é uma citação bíblica detalhada. (Habacuque 2:2) • Quem cortou o cabelo de Sansão não foi Dalila, mas um homem. (Juízes 16: 19) • O nome mais comprido e estranho de toda a bíblia é Maersalalhasbas - filho de Isaias. (Isaías 8:3-4) • Você sabia que a palavra fé é encontrada apenas quatro vezes no Antigo Testamento? (Hc 2:4; Jz 9:16, 9:19; e 1Sm 21:5) • Você sabia que a palavra "DEUS" aparece 2.658 vezes no V.T. e 1.170 vezes no N.T. num total de 3.828 vezes? • Há na Bíblia 177 menções ao diabo em seus vários nomes. • O maior versículo é no livro de Ester capítulo 8 versículo 9. • O menor versículo é no livro de Êxodo capíluto 20 versículo 13. • O versículo central da Bíblia é o Salmo cap: 118 ver:8, o qual divide a mesma ao meio. • Os livros de Ester e Cantares de Salomão não possuem a palavra DEUS. • A expressão "Assim diz o Senhor" e equivalentes encontram-se cerca de 3.800 vezes na Bíblia. • A Vinda do Senhor é referida 1845 vezes na Bíblia, sendo 1.527 no Antigo Testamento e 318 no Novo Testamento. • Sobre os Livros Bíblicos: O Velho Testamento foi escrito em Hebraico, enquanto que o Novo Testamento foi originalmente escrito em Grego. Nenhum dos 66 livros da Bíblia recebeu qualquer título na época em foram escritos. Os títulos vieram muitos anos depois que os mesmos já estavam circulando. • Sobre os Livros Bíblicos - II: Os livros de Filemom, II João, III João, Judas e Obadias possuem apenas 1 capítulo cada um. Já os livros das Lamentações, Jonas e Naum terminam com um ponto de interrogação. Os livros de Cantares, Ester e Salomão inexistem a palavra "Deus". • Sobre os Livros Bíblicos - III: Algumas passagem bíblicas destacam alguns problemas atuais como a conservação da natureza (Deuteronômio 20-19) e os problemas decorrentes do trânsito pesado e veloz, dos cruzamentos entre ruas e os faróis de carros (Naum 2:4). A Bíblia também relatava a invenção de máquinas muito antes da Revolução Industrial (II Crônicas 26:15). • Vale a pena ler de novo: Os Salmos 14 e 53 são idênticos entre si, sendo a única diferença entre eles é a forma em que as palavras foram distribuídas. No Salmo 14 as palavras foram divididas em 7 versículos, enquanto que no Salmo 53, em 6 versículos. • Ocorrência de algumas palavras na Bíblia: Na Bíblia, a palavra "imortal" é encontrada apenas 1 vez (I Timóteo 1-17), enquanto que "Cristão" está registrada somente em 3 ocasiões (Pedro 4:16 / Atos 11:26 / Atos 26:28). Já a frase "Não temais!" aparece 366 vezes ao longo da Bíblia. • Significado de algumas palavras na Bíblia: A palavra "Bíblia" vem do grego "Biblion", que significa simplesmente "livros". Já a palavra "Evangelho" significa "Boa Notícia". Entretanto, os textos bíblicos esta palavra adquire um outro significado, referindo-se à história de Jesus (suas obras, morte e ressurreição) (Mc. 1.1). Finalmente, a palavra "Apocalipse" vem do grego "apocalipto", que significa "tirar o véu" ou "revelação". • Relações Bíblicas Condenáveis: Na Bíblia existem citações curiosas de relacionamentos humanos. Podemos citar que Anrão, pai de Moisés casou-se com sua própria tia (Êxodo 6-20). Já Lameque foi o primeiro bígamo a ser citado na Bíblia, sendo Ada e Zilá o nome de suas esposas (Gênesis 4-19). Já Joquebede, mãe de Moisés, recebeu um salário para criar o próprio filho. (Êxodo 2-8,9,10). • Mulherengo a toda prova: Baraque, um dos comandantes do exército de Israel só iria à batalha se uma mulher fosse com ele (Juízes 4-4, 6, 8, 9). • O mais velho e o mais belo homem bíblicos: O homem que viveu por mais tempo na face da Terra foi, Matusalém, que morreu com 969 anos de idade! (Gênesis 5: 25-27). Já Absalão era o nome de um homem israelita celebrado por sua beleza (II Samuel 14-25). Dono de uma vasta cabeleira, ele cortava seus cabelos no fim de cada ano, pois os mesmos muito lhe pesavam (II Samuel 14-25,26). • Estatura de Golias: A estatura do gigante Golias, vencido por Davi, era de seis côvados e um palmo, o que equivale a quase três metros de altura! (I Samuel 17:4). • Sobre o Rei Salomão: Deus apareceu duas vezes ao rei Salomão (I Reis 11-9). Isto fez com que ele compusesse ao todo 1005 cânticos de louvor a Deus e escrevesse 3000 provérbios! (I Reis 4:32). • Sobre o Dilúvio: Segundo a Bíblia, o dilúvio não foi apenas uma grande chuva, mas foi a primeira chuva que veio sobre a terra. (Gn 2:6 ; 7:4). Por causa da imensa quantidade de água despejada sobre a Terra, Noé passou 382 dias na arca com a sua família e os animais durante o dilúvio.(Gênesis 7:9-11 / 8:13-19). • O poder da oração versus medicina tradicional: O Rei Ezequias teve sua vida aumentada por 15 anos pelo poder da oração (II Reis 20-1, 2, 3, 4, 5, 6). Em contrapartida, dizem que o Rei Asa morreu porque buscou mais aos médicos do que a Deus.(II Crônicas 16:12). • O primeiro aposentado: O primeiro aposentado que relata a Bíblia foi o Rei Joaquim. (Jeremias 52: 33 e 34). • Nome dos Discípulos de Jesus: Os nome dos 12 discípulos de Jesus são (em ordem alfabética): André, Bartolomeu, Filipe, João, Judas Iscariotes, Judas Tadeu, Mateus, Simão (o Zelote), Simão Pedro, Tiago (filho de Alfeu), Tiago (filho de Zebedeu) e Tomé, (Mateus 10-2, 3, 4). Pedro e João, os apóstolos que mais faziam milagres, eram incultos e totalmente analfabetos (Atos 4:13). Mesmo assim, conquistaram a admiração de muitos pela intrepidez e autoridade que exerciam, mesmo sendo iletrados. • Para todo mundo ler: Na cruz em que Jesus foi crucificado, escreveu-se "Jesus Nazareno, o Rei dos Judeus", em três idiomas diferentes: Hebraico, Latim e Grego. (João 19-19, 20). • Sobre Maria Madalena: Maria Madalena foi a primeira pessoa para a qual Jesus apareceu após a sua ressurreição. (Marcos 16-9). Curiosidade do Novo Testamento • A Palavra "Senhor" é encontrada na Bíblia 1.853 vezes e "Jeová (YHVH)" 6.855 vezes. • A expressão "Não Temas!" é encontrada 366 vezes na Bíblia, o que dá uma para cada dia do ano! • No Salmo 107 há 4 versículos iguais: 8, 15, 21 e o 31. • Todos os versículos do Salmo 136 terminam da mesma maneira. Fonte: www.idbpa.net